sexta-feira, 23 de julho de 2010

Já tive medo da solidão. Já tive medo que ela própria me encarasse como sua amiga, querendo de mim aquilo que muitos consideram uma relação quase fraternal. Tive receio de me aventurar nesta alucinação, dar-lhe cartas para ganhar o jogo e roubar-me a minha própria loucura. Há momentos melancólicos em que nos aliamos a prazeres distintos e pensamos sempre que ninguém estará lá para nos acompanhar no passo seguinte. Um pesadelo real, um abismo não verídico.

22 comentários:

  1. Está lindo, adorei :'s continua assim!

    ResponderEliminar
  2. Que texto lindo :O
    Muito obrigado pelo comentário :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. A solidão vive em cada recanto do nosso ser, habita todos os momentos da nossa vida, escondida, pronta para nos tornar cativos no seu mundo, longe de tudo e todos, contemplados pela penumbra do vazio.
    Cabe-nos a nós fugir, encontrar o nosso caminho junto daqueles que nasceram para nós, e torná-la apenas uma personagem secundária da história da nossa vida! :)

    adorei, beijinho *

    ResponderEliminar
  4. Do tipo.. Hoje em dia aceitasse qualquer livro numa biblioteca é impressionante. -.-

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. bem escrito esta este post. Tenta é que a solidão nunca te acompanhe. beijinho

    ResponderEliminar
  7. "Já tive medo da solidão"
    Acho que todos já tivemos/temos.
    - Adorei seus pots e o seu blog, parabéns. Tô seguindo.

    ResponderEliminar
  8. Não é que me esquecesse, :c
    mas perdi o jeito :)
    beijinhos.
    Gostei do texto, já agora :D

    ResponderEliminar
  9. Melamiga

    Bravo! Escreves lindamente...
    ... e obrigado pela tua visita e cumentário, com o - curto & excelente.

    Qjs

    ResponderEliminar
  10. A solidão só é boa quando é por opção. Na grande maioria das vezes, a solidão não é amiga que se cultive. (sorrio).
    Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com de blog em blog deixando um abraço e algo mais.

    ResponderEliminar
  11. Por vezes a solidão ate faz falta! :D

    ResponderEliminar

deixa tu também letras soltas no caminho