domingo, 13 de junho de 2010

Escassez.



Entro num estado de sonolência premeditado. Transe com razão predefinida. Programo-me para sonhar contigo e sem problemas assim acontece. Sonho com os teus traços bem delineados e olhos imitando botões de rosa. Não me gozes se alguma vez te associar a rosas; a comparação é inevitável. Embora o meu apreço por elas não seja significativo, são o reflexo espelhado da tua alma. Aroma inconfundível. De vermelho bruto. Tal e qual os restos de coração que me concedeste. 
rip brittany.

12 comentários:

  1. eu fiquei mesmo sem palavras Inês :O

    ResponderEliminar
  2. Nem mais nem menos, é isso mesmo. :)
    Ninguém da minha turma conseguiu adivinhar, impressionante. Até pensei em fazê-la de outra forma porque parecia-me simples, mas como ninguém tinha conseguido adivinhar, deixei estar.

    ResponderEliminar
  3. se fosse possível programar assim os sonhos nem sei se me levantava da cama :P

    ResponderEliminar
  4. está simplesmente delicioso. gostei mesmo :)

    ResponderEliminar
  5. está fantástico , adorei *.*

    vou seguir, beijinhos .
    Sara Pereira :p

    ResponderEliminar

deixa tu também letras soltas no caminho