quinta-feira, 18 de junho de 2009

(vermelho) Paixão


Conta as noites de desespero em que me inspiras o sonho, conta os dias, meus, feitos para ti. Conta as palavras que te digo e, que talvez nunca ninguém te disse de forma tão pura. Conta, ainda, quantas vezes bate o meu coração…
Imagina-te de olhos fechados enquanto eu falo para ti em melodia serena. Se o teu toque e o teu perfume me são desconhecidos, posso apaixonar-me, posso apaixonar-me eu pelas tuas palavras, ou apenas pela tua voz, meu amor?

Acredita, hoje, que amanhã o meu perfume estará na tua pele.
Apaixonei-me por ti, permites-me esta paixão?

4 comentários:

  1. Oh o texto está tão giro Sara :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Lindo lindo Sara :)
    Se for eu permito! uhuh :P

    ResponderEliminar
  3. "Imagina-te de olhos fechados enquanto eu falo para ti em melodia serena."

    adorei, mesmo =)

    ResponderEliminar

deixa tu também letras soltas no caminho