domingo, 17 de julho de 2011

Verão

Verão é ver o Sol embater-te sem alterar um único traço do teu rosto. É ver como as ondas se curvam perante a tua presença e como cada grão de areia é apenas um bocadinho do teu coração esmigalhado. Verão é amar-te com a mesma leveza com que carregas o teu ser.
Tenho um novo blogue, são 100 dias de amor da maria e de mim, a render-me à fotografia. 

3 comentários:

  1. Uma partilha de palavras...:)

    deixei de ter lágrimas transparentes
    quando as tenho borro-as de cor
    na esperança que se vejam

    deixei de ter lágrimas transparentes
    transformam-se em nós de garganta
    deixei que os meus olhos vivessem

    deixei que o transparente de sal
    se torna-se um pedregulho
    enrolado em mim

    deixei que me tirassem as lágrimas
    que me pintassem portas amarelas
    que esborratassem escadas
    para eu as poder passar

    deixei de ter lágrimas transparentes

    e o susto
    assim
    tão de repente
    mostra que a garganta é salina
    hoje
    quero
    que o transparente me acorde

    deixei que me tirassem as lágrimas
    que mas pincelassem de cor
    deixei que me pintassem os rios

    subo escadas que não são
    entro em portas que não estão

    deixei de ter lágrimas transparentes


    Teresa Maria Queiroz - Junho 2011
    http://www.continuandoassim.blogspot.com

    convido a visitar:
    http://www.pastelariaestudios.blogspot.com

    um bj desde aqui...

    ResponderEliminar
  2. perfeito *.*

    (adorei o blogue, by the way)

    ResponderEliminar

deixa tu também letras soltas no caminho