sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Quando gostamos de alguém não há limite de oportunidades.

4 comentários:

  1. concordo, mas a cada oportunidade desperdiçada, aquilo que sentimos vai-se deteriorando

    ResponderEliminar
  2. Aí está! Deves dizer sempre o que sentes, mesmo que te pareça ridículo. :)

    ResponderEliminar

deixa tu também letras soltas no caminho