sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Agora que revejo.

Liebe ist mein Fuhrer by *yumenonikki
És tudo o que vejo. Não só, é verdade, mas das poucas que mais ouso tocar. Toca-me, nos lábios, com esses teus dedos gelados. Solta o meu corpo, deste transe, desta; Timidez que se esconde atrás do coração, com o medo de dizer que te quer para sempre. Olho-te nos olhos, tenho dificuldade em ver o teu ser. És tão perfeita por fora, essa tua voz, tão meiga e acolhedora, faz-me suspirar, faz-me sentir um bebé, um rapaz mau, ou simplesmente querer saltar para cima das tuas bochechas e beijá-as com um longo beijo. Digo que te adoro, admiro os movimentos que fazes às mãos. Oh, como a tua voz me encanta. Causas arrepios. Eu sei que me queres, vejo isso nos teus olhos. Olhos de um castanho escuro. Têm a cor do teu lindíssimo cabelo. Tão bem tratado, tão limpo e brilhante. Oh, apaixonei-me por ti, pelas tuas mãos, pela tua voz, pela tua presença tão simpática e querida. Prendeste o que tenho de mais estranho em mim, e abraçaste-o com alguma incerteza. Podes dar-lhe mimos, não morde, nem eu mordo.

Agora que revejo tudo. A pessoa que sempre imaginei, sempre foste... Tu!

4 comentários:

deixa tu também letras soltas no caminho