sábado, 27 de fevereiro de 2010

bolinhas de sabão

Via-te como a minha maior inspiração, num horizonte longínquo, distante dos pensamentos mundanos. Fingia esquecer-me de todos os segundos passados no telhado, de mãos dadas e corações amarrados, olhando a lua e contando as estrelas. As nossas contas nunca eram compatíveis por isso ficávamos ali, tempo indefinido, a discutir o porquê de um vinte e cinco não ser igual a um vinte e seis, a teu ver, redondinho. Pedias-me sempre para te cantar ao ouvido melodias calmas capazes de enlouquecer um coração tremido, gelado e sentido. Comparava sempre esse momento à nossa infância, quando brincávamos com bolinhas de sabão. Deixaste os monstrinhos da tua folha de papel e juntaste-te a mim e às bolas de sabão, que dentro de si traziam sempre um sonho. Conforme o sítio onde elas rebentassem, imaginávamos qualquer coisa que nos levava a pensar que o mundo ia ser melhor. E era... mas só o nosso.
Hoje deixo-te com uma bolinha de sabão, brilhante e bem especial, que rebentou no meu coração!

8 comentários:

  1. Entre 24 de Fevereiro a 24 de Março a Super Bock promove o concurso Super Bock Super Blog Awards, o Blog-do-Otario está a participar na categoria Humor e Entretenimento. Para Votar, basta ir a Blog-do-Otario e clicar no dístico do concurso.

    Ps: Esta é uma mensagem que será enviada identicamente a outros blogs, cujos moderadores sigam, de momento o Blog-do-Otario.
    Merci very much,
    Danke Beaucoup!

    ResponderEliminar
  2. adorei, está simplesmente fantástico =)

    ResponderEliminar
  3. tão bonito..a última frase está simplesmente perfeita =)

    ResponderEliminar
  4. trazes uma sensibilidade que se solta nas tuas palavras...


    parabéns! visita também o meu blog - pensamento azul...

    bye

    ResponderEliminar
  5. e são sempre lindas as historias a dois :)

    adoro tanto o teu blog *.*

    ResponderEliminar
  6. tem o mesmo significado, quando se agradece não interessa de que forma é ;$

    ResponderEliminar

deixa tu também letras soltas no caminho